Facebook lança Hello, app para substituir o discador do Android

Um identificador de chamadas 2.0. É assim que o Facebook define o Hello, novo aplicativo da empresa californiana que unifica a função “telefone” aos serviços da própria rede social e do app de mensagens Messenger. Ele funciona como o aplicativo de chamadas padrão do Android, porém com alguns recursos adicionais, como bloqueio de ligações. Lançado mundialmente nesta quarta-feira (22), ele reconhece quem está ligando, mostra a foto da pessoa e dá diversas informações sobre o contato, tudo a partir de números de telefone cadastrados na rede social.

Como uma grande agenda, o Hello poderá ser acessado de qualquer aparelho, sem a necessidade de armazenar dados em um cartão ou sincronizar informações. O app estará disponível apenas para dispositivos Android. Ainda assim, parece ser uma grande aposta da empresa na disputa pelo tempo dos usuários no celular.

“Oferecemos uma forma de identificar e bloquear chamadas, organizar contatos e buscar informações de uma maneira mais simples. Tudo dentro de um único app e respeitando as configurações de privacidade”, disse à Andrea Vaccari, diretor de produto no Facebook e que há um ano trabalha no desenvolvimento do Hello na sede da empresa, na Califórnia. Esta semana, por meio de videoconferência, ele demonstrou o Hello em primeira mão.

Identificar chamadas

O Hello funciona de forma simples. Após baixá-lo, basta fazer login usando um perfil da rede social e ativar seu funcionamento. A partir daí, quando o telefone receber uma chamada, o app irá comparar o número que ligou à base de dados do Facebook. Se a pessoa que está ligando possui um perfil e deixou seu número de telefone visível, o app irá puxar essas informações e mostrar automaticamente nome e foto da pessoa, além de outros dados que estiverem disponíveis, como e-mail e local de trabalho. “Mas tudo o que é mostrado segue exatamente as configurações de privacidade do usuário”, diz Vaccari.

app-hello-appidentificador

Somente as pessoas que já têm acesso às informações do seu perfil poderão vê-las no Hello.  Se você cadastrou seu telefone no Facebook, mas apenas “amigos” podem visualizá-lo, apenas esses amigos saberão que é você quem está ligando com o novo app. Qualquer outra pessoa continuará vendo apenas o seu número, como em um identificador de chamadas comum.

O mesmo sistema de busca de informação (e de privacidade) vale ao cadastrar um novo telefone. Ao digitar os números, o app busca o perfil dessa pessoa no Facebook e cria um contato com todas as informações disponíveis sobre ela (se houver alguma). “Se hoje você escolheu deixar o e-mail disponível, ele aparecerá nas informações exibidas no Hello. Se amanhã decidir excluir esse dado, ele não estará mais visível no app”, afirma Vaccari.

É importante ressaltar que o Hello não acessa a agenda do usuário em seu telefone. No entanto, ele permite inserir, manualmente, o telefone de algum contato que não deixou seu número visível no Facebook. “Ao cadastrar um novo número, o usuário escolhe se quer gravá-lo no Hello ou na agenda do aparelho. Isso não é feito de forma automática”.

Organizar contatos

O que parece ser a maior vantagem do app é o fato de todos os amigos, independente de terem ou não o telefone cadastrado no Facebook, aparecerem em uma única lista de contatos no Hello. Assim, o usuário pode buscar pelo nome de qualquer um que conheça em uma agenda única, que inclui todos os seus contatos da rede social. Basta então decidir como interagir com a pessoa: por ligação, SMS ou por meio do Messenger. Nesse caso, há a opção de enviar uma mensagem ou fazer uma chamada de voz.

app-hello-applist

A interface é bastante parecida, visualmente, com a função de chamadas do Whatsapp (aplicativo comprado pelo Facebook em 2014 por 19 bilhões de dólares). Ainda assim, curiosamente, o Whatsapp não está integrado ao Hello, apenas o Messenger.

Bloquear chamadas

Outra função do app é o bloqueio de chamadas, similar às demais ferramentas do tipo já disponíveis na maioria dos telefones. Basta entrar nas configurações do contato e decidir silenciá-lo. “A chamada vai direto para a caixa postal, mas você ainda sabe que recebeu uma ligação daquele número. A informação fica visível tanto no app Hello como na interface do próprio telefone”, diz Vaccari.

A grande diferença está na forma como o Facebook pretende lidar com as informações de bloqueio. “Com o tempo, o Hello também aprende quais números foram bloqueados por muitas pessoas e pode passar a bloquear automaticamente suas chamadas”, afirma. É um sistema muito parecido com o dos filtros anti-spam, que, entre outras coisas, bloqueiam e-mails enviados por endereços já sinalizados por um grande número de usuários. “Mas até mesmo esse bloqueio pode ser desfeito nas configurações do app”, afirma o engenheiro.

As ferramentas de identificação, busca e organização de contatos formam um conjunto interessante, mas todas dependem das configurações de privacidade de terceiros para funcionarem de forma realmente completa.  No entanto, há uma última função que promete trazer resultados bastante úteis aos usuários: a de localização de lugares.

Buscar lugares

Assim como no próprio campo de buscas do Facebook, o Hello exibe resultados de pessoas e também de estabelecimentos comerciais que, normalmente, deixam seus dados abertos nas páginas da rede social. “Posso encontrar a página de um restaurante, ver o horário de funcionamento e ligar para o estabelecimento – tudo sem sair do app”, diz Vaccari. O sistema de identificação de chamadas também funcionaria nesses casos. Como a maioria dos restaurantes e lojas deixa seu telefone na rede social, qualquer usuário do Hello no mundo saberá quem está ligando se receber uma chamada daquele estabelecimento.

Devido à quantidade de interações que o aplicativo possui com o aparelho, o Facebook decidiu fazer o lançamento apenas para Android, deixando de lado o sistema da Apple. “No iOS, o nível de interações que poderíamos colocar é menos sofisticado. As pessoas poderiam fazer menos coisas”, afirma Vaccari. Perguntado sobre o desenvolvimento para outras plataformas, como Windows Phone, o engenheiro foi claro. “Não temos planos agora. Somos um time pequeno.”

Isso talvez mude se o Hello se mostrar um sucesso. Embora seja difícil saber se o app será realmente popular, uma coisa fica clara: a intenção do Facebook. Com o Hello, a empresa criou uma interface única, que pode ser usada em qualquer aparelho Android. Não basta ser dona da maior rede social do mundo e do Whatsapp, um dos app mais populares do planeta. Ao oferecer ferramentas para integrar contatos, mandar mensagens, buscar lugares e fazer ligações, a empresa mostra que está pronta para disputar ao máximo o tempo gasto pelos usuários em dispositivos móveis.

Baixar grátis o aplicativo Hello

Fonte: info

Davison Ismael

Davison Ismael

Designer gráfico a mais de 7 anos com foco em Web design na cidade de Brasília/DF, é apaixonado por dispositivos Android e uma boa xícara de café. Está sempre antenado em todas as tendências, novidades e lançamentos do mercado mobile. Adora assistir à vídeos reviews e sempre que possível está envolvido em alguma discussão sobre tecnologia.